Pura coincidência ou não, ainda não vai ser desta que vou conhecer as mais jovens das minhas amigas, encontradas via Net! Especialmente a Formiguinha e Grilinha a quem espero que corra tudo bem, uma vez que não diz nada e o Sto. António já acabou há uma eternidade. Não sei quem vai a esse almoço, mas só gostaria de vos dizer que ainda tive esperanças de participar nele a vosso lado. Talvez um dia isso se venha a proporcionar. No entanto, há deveres familiares e de grande amizade que se sobrepõem a certos eventos por muito importantes que sejam. Iremos ter outras oportunidades, certamente!

 

Um dia convidei um amigo que não conhecia a não ser em circunstâncias semelhantes a estas nossas actuais a vir a minha casa. Lanchamos ele, a mulher e a filhota, eu e a minha mulher. Mas verifiquei que ele ficou desapontado por eu não ter lá o Quico. Se soubesse, nessa altura, o que sei hoje, teria vindo buscar o Quico à Amadora, pois não sabia que não viríamos a ter outra oportunidade em tanto tempo. Mas o Mundo dá muitas voltas e se essa oportunidade ainda não apareceu, certamente que ainda se proporcionará, com o Quico. Ainda ando com essa atravessada!

 

Mas a nossa vida moderna é difícil. Por umas e outras razões, muito difícil! Nem sempre corre como nós queremos. Como disse à Formiguinha estarei um pouco a Norte de Santarém, mas estarei também convosco. Vou ter uma festa de arromba e espero que a vossa seja igual à minha, pelo menos na forma como ela está programada e que espero se concretise. Gosto muito da minha família e ela vai estar muito bem representada neste dia para festejarmos os anos de alguém que muito merece e eu não poderia faltar. Foi tudo organizado de repente e antes eu pensei que poderia estar no vosso almoço e na outra parte, à noite, aqui na Amadora. Mas tudo mudou, de repente, e a festa foi levada para longe. Daí, eu nunca me comprometer! Só o faço pela certa e, mesmo assim, às vezes, falho! Para todas as que estiverem no almoço da Formiguinha, beijinhos, meus e do Quico. Para todos que estejam presentes, abraços. Deixo-vos aqui uma flor a que costumo chamar ...

 

Jun,23 002.jpg

 

 ... bandeiras ao alto! Ela é nossa companheira de caminhada nas margens das estradas. Um belíssimo almoço para vocês.

Sagres, a beleza dos mares que enfeita o rio Tejo para alegrar o Ventor, nas suas caminhadas

tags:
publicado por Ventor às 00:57