Esta é a tasca da saudade. Nesta tasca já não se joga mais à sueca, à bisca ou seja ao que for! Esta foi a primeira tasca da minha vida. Aqui se jogava, se cantava, se lutava, se dizia mal da vida, se chorava e, como numa igreja, muitas vezes se gritava pela ajuda divina!

                 adrao-Carrasco.jpg

 

A Loja do meu grande amigo Carrasco

  

Aqui me despedi de muitos que partiram para todos os "cantos do vento". Hoje, sei que não mais verei muitos deles, outros nunca mais vi e não sei se voltarei a ver. Mas chorei ao olhar esta foto. Chorei por todos que não vão caminhar mais a meu lado!

 

 

Sagres, a beleza dos mares que enfeita o rio Tejo para alegrar o Ventor, nas suas caminhadas

tags:
publicado por Ventor às 00:00