Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

caminhar com o Ventor

Pelos Trilhos da Memória

Pelos Trilhos da Memória

caminhar com o Ventor

Pangea

Pangea_animationDP.gif


Caminhem com o Ventor pelos Trilhos da Memória, nos trilhos da sua Grande Caminhada




Como sabem, o Ventor saiu das trevas para caminhar entre as estrelas.
Ele continua a sonhar, caminhando, que as estrelas ainda brilham no céu, que o nosso amigo Apolo ainda nos dá luz e que o nosso mundo continuará a ser belo se os homens tentarem ajudar..



Aqui, no Cantinho do Ventor, vamos sonhando ...



... juntamente com a Wikipédia



Aqui, estão abertas todas as janelas do Cantinho do Ventor, vamos sonhando e espreitando por elas



Os Blogs do Quico

A Arrelia do Quico

Os Amigos do Quico

O Fotoblog do Quico

Ventor em África

O Ventor e o Passado

Caminhar com os Sonhos

Quico

Blogs do Ventor

Adrão e o Ventor

Os Trilhos da Memória

Flores da Vida

Planeta Azul

Páginas Brancas

Rádio Ventor

Montanhas Lindas

Fotoblog do Ventor

Fotoblog de Flores

Blogs do Pilantras

Pilantras - o Ticas

Pilantras nos Trilhos do Ventor

Pilantras nos Trilhos do Quico

Fotoblog do Pilantras

Pilantras


Nestas janelas guardadas pela coruja das neves, a amiga do Ventor no Zoo de Lisboa, podemos espreitar as minhas fotos no Shutterfly ou, então, regressar à Grande Caminhada do Ventor


A Coruja das Neves
Ela abre-vos as janelas do Shutterfly

Sites de Fotos no Shutterfly


A G. Caminhada do Ventor

Adrão - a Natureza

Picos da Europa - a Natureza

Ventor e os Amigos do Quico

Caminhadas da Gi

Caminhadas de Sonhos


No Shutterfly podemos observar algumas das caminhadas fotográficas do Ventor. Se pedirem a coruja abre-vos as janelas.

Venham com o Pilantras, às músicas do Ventor

na sua Rádio Ventor


08
Abr09

Futebol Clube do Porto - na Raça!

Ventor

Às vezes vejo a bola.

Às vezes não vejo a bola.

Ontem, apeteceu-me ver a bola.

 

Um jogo de futebol é um jogo como outro qualquer onde se joga bem e pode-se perder, e onde se joga mal e pode-se ganhar.

Ontem o meu Porto jogou bem e empatou.

Jogou como por vezes se diz - na Raça!

 

 

O Estádio do Dragão que fotografei, em Agosto de 2006, de dentro do carro em andamento, na subida do Freixo, quando rumava direito às minhas Montanhas Lindas

 

Quando vi o erro cometido por aquele grande jogador chamado, Bruno Alves, não cretiquei, não barafustei, não insultei, mas pensei que a minha rapaziada poderia perder a cabeça. Lembrei-me do descalabro no Arsenal de Londres.

Mas não. A Força estava com eles!

 

 

Ao apontar a objectiva por estes buracos dentro, apercebi-me de como era lindo o casarão do meu Porto

 

Num jogo de futebol, normalmente tudo acontece. Os jogadores cometem erros por muito que se esmerem num ou noutro sector, ou em todos. Há sempre possibilidade de errar no Ataque, no Centro ou na Defesa.

E, por vezes, também há dias que não devíamos ter saído de casa, ou não se deve entrar em campo com o pé esquerdo, ou ...

 

No momento do falhanço do Bruno Alves, pareceu-me que ele tinha um objectivo. Liquidar a pressão dos adversários com aquela passagem para o guarda-redes, a partir de onde se reorganizaria o jogo e planearia um novo ataque.

O inglês teria outra visão. Evitar isso e pressionando o Bruno, obrigá-lo a jogar para a frente para não perderem a possibilidade de continuarem a pressionar e tentarem desmantelar a boa organização dos portistas. Mas nestas coisas há sempre uma estrelinha, essa que permitiu ao inglês muito mais do que aquilo que pretendia.

 

Tudo isto faz parte dos jogos.

Por isso, sabendo disso, eu não me irritei com o Bruno Alves. Não lhe chamei nenhum nome feio, daqueles que põem os cabelos em pé ao Tin-Tin. Apenas lhe pedi baixinho para não se deixar desmoralizar.

Mas o Bruno é um grande jogador. Ele sabe que os erros fazem parte dos jogos e que são esses erros que, normalmente, no futebol moderno, permitem que haja golos.

 

 

Estas imagens deixaram-me a sensação de que tudo por ali será airoso. O monumento e os homens que lhe dão sustentáculo

 

Para a semana, de hoje a oito dias, iremos ter o jogo tira-teimas. Nesse tira-teimas, quero deixar aqui para os grandes jogadores do Futebol Clube do Porto um grande abraço.

Eu sei, eu acredito que, nesse jogo, eles tudo farão para, na raça, obterem mais uma vitória.

 

Mas se a estrelinha não quiser, nada a fazer!

Somos todos habitantes da Esfera e as estelinhas não são para todos. Tenho a certeza que, qualquer que seja o resultado, os jogadores do FCP continuarão a ser um belo sustentáculo do nosso futebol, fora de portas.

 

Boa sorte, rapaziada!

 

Sagres, a beleza dos mares que enfeita o rio Tejo para alegrar o Ventor, nas suas caminhadas

2 comentários

Comentar post

O Quico e o Ventor

luis.jpg

Luiz Franqueira e o Quico

O Ventor nos tempos das grandes caminhadas gélidas, a luta contra o frio, era a maior das prioridades

VergineTricherusa.jpg

A Virgem Maria caminha entre nós

800px-Notre_Damme_internal_windown_rose.jpg

Um vitral na Catedral de Notre Dame

Tombstone_Holy_Sepulchre_reliquary_Louvre_MR348.jp

A Sepultura Sagrada

1280px-Jerycho2.jpg

Um Monumento em Jericó

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.