Apolo 11 e Neil Armstrong
 

 

Era uma vez ... Once upon a time!

A partir de Julho de 1969, ouvi pela rádio, a longa passada de Neil Armstrong, em Vila Cabral, no norte de Moçambique.

"Este é pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade"

 

 
Neil Armstrong
 
Quando todos éramos novos, no séc. passado (séc. XX), este homem foi o primeiro a pisar o solo lunar.
 
Recordo-me bem desse momento: foi no som dos altifalantes da Força Aérea, os Hamarlung, do nosso posto de Rádio, colocados na janela para que todos ouvíssemos.
Não sabia, então, quem era Neil Armstrong, mas calculava que, para levar avante a missão de que foi incumbido, não era um homem qualquer. Teria de ser um expert na matéria!
Vim a saber, mais tarde, tratar-se de um piloto naval que lutou na guerra da Coreia. Regressado aos Estados Unidos, passou a fazer testes, como piloto em várias aeronaves de várias construtoras. Foi ele que testou o X-15, o primeiro avião que voou na extratosfera.
 
Interessou-se pela Nasa depois de estudar engenharia aeroespacial, na Universidade de Purdue, em West Lafayette, no estado de Indiana e também foi aceito no MIT-Massachusetts Institute of Technology. Fez parte do novo grupo de astronautas da NASA em 1962 e tornou-se o primeiro astronauta civil norte-americano.
Acompanhou os projectos Gemini e Apolo, realizando o seu primeiro voo no espaço, como comandante da Gemini VII, com a companhia de David Scott.
 
 
A placa deixada na lua em cmemoração da chegada do homem ao nosso satélite
 
Mais tarde, acompanhei mais ou menos, as caminhadas de Neil Armstrong, por imagens de televisão e spots de imagens mostradas nos cinemas, então tanto na voga.
Recordo-me bem de numa das suas famosas caminhadas por vários países, ele prestar homenagem aos velhos navegadores portugueses que tempos idos se meteram mar dentro, nos tempos da escuridão. Então Armstrong disse mais ou menos isto: "eles (os portugueses) fizeram caminhadas mais difíceis. Nós (na ida à lua), tínhamos tudo e eles não tinham nada"! 
 
 
The Apollo 11 Prime Crew ( a tripulação da Apolo II, os homens e a máquina que mudaram o mundo)!
 
Prestando a minha homenagem ao homem que nos deixou no dia 7 de Agosto passado, com 82 anos, eu recordo esse belo dia de 20 de Julho de 1969, a sua chegada à Lua, o seu pequeno passo lá dado e também, as minhas caminhadas por Vila Cabral, em Moçambique.
Aproveito, também, para prestar a minha homenagem àqueles que foram seus colegas nessa missão, Michael Collins e Eswin Aldrin.
Até sempre, Armstrong!

Sagres, a beleza dos mares que enfeita o rio Tejo para alegrar o Ventor, nas suas caminhadas

publicado por Ventor às 20:25