Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Caminhadas do Ventor

Pelos Trilhos da Memória

Pelos Trilhos da Memória

As Caminhadas do Ventor

Como sabem, o Ventor saiu das trevas para caminhar entre as estrelas.
Ele continua a sonhar, caminhando, que as estrelas ainda brilham no céu, que o nosso amigo Apolo ainda nos dá luz e que o nosso mundo continuará a ser belo se os homens tentarem ajudar..

30
Nov05

Caminhar com Pessoa

Luiz Franqueira - Ventor

 

pessoa1.jpg

 

Fernando Pessoa

 

Nas minhas caminhadas, tem estado presente, entre outros, o Fernando Pessoa. O nosso Nandinho literário! À medida que vou caminhando entre o nosso mundo natural onde, com mais ou menos dificuldades proliferam os meus amigos, peludos, penudos e escamudos, e mais uns quantos, procuro meditar em todos aqueles que deram alma a Portugal.

 

E, como sabem, Fernando Pessoa é um deles. Ele preenche um grande espaço na nossa alma colectiva e, por isso, eu não vou deixar passar os seus 70 anos de peregrinação por entre as estrelas sem o recordar, bem como os seus heterónimos que o multiplicaram. Por isso, aqui estou para agradecer ao nosso Pessoa, a sua caminhada pelo nosso Mar Salgado onde continuam a ser vertidas lágrimas portuguesas. Lágrimas de tristezas que nunca acabam. Assim, neste dia, recordo Pessoa e tento esquecer a chularia da Pátria!

Sagres, a beleza dos mares que enfeita o rio Tejo para alegrar o Ventor, nas suas caminhadas

7 comentários

Comentar post

Jan 06,07 009.jpg

O Quico e o Ventor

O Ventor e o Quico caminhavam sempre, lado a lado. O Senhor da Esfera levou o Quico e três anos depois, apareceu o Pilantras para acompanhar o Ventor


Pilantras, está com o Quico e o Ventor


ventor.jpg


Eu sou o Ventor de milénios atrás e esse, em cima, sou eu nos tempos actuais.

Mais sobre mim

foto do autor