Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

caminhar com o Ventor

Pelos Trilhos da Memória

Pelos Trilhos da Memória

caminhar com o Ventor




Podem ver aqui todos os Links dos meus Blogs. É só abrir e espreitar


Como sabem, o Ventor saiu das trevas para caminhar entre as estrelas.
Ele continua a sonhar, caminhando, que as estrelas ainda brilham no céu, que o nosso amigo Apolo ainda nos dá luz e que o nosso mundo continuará a ser belo se os homens tentarem ajudar..



Aqui, no Cantinho do Ventor, vamos sonhando ...


... juntamente com a Wikipédia



Aqui, estão abertas todas as janelas do Cantinho do Ventor, vamos sonhando e espreitando por elas



Os Blogs do Quico

A Arrelia do Quico

Os Amigos do Quico

O Fotoblog do Quico

Ventor em África

O Ventor e o Passado

Quico

Blogs do Ventor

Adrão e o Ventor

Os Trilhos da Memória

Flores da Vida

Planeta Azul

Páginas Brancas

Rádio Ventor

Montanhas Lindas

Fotoblog do Ventor

Fotoblog de Flores

Blogs do Pilantras

Pilantras - o Ticas

Pilantras nos Trilhos do Ventor

Pilantras nos Trilhos do Quico

Fotoblog do Pilantras

Pilantras


Nestas janelas guardadas pela coruja das neves, a amiga do Ventor no Zoo de Lisboa, podemos espreitar as minhas fotos no Shutterfly ou, então, regressar à Grande Caminhada do Ventor



A Coruja das Neves
Ela abre-vos as janelas do Shutterfly


Sites de Fotos no Shutterfly


A G. Caminhada do Ventor

Adrão - a Natureza

Picos da Europa - a Natureza

Ventor e os Amigos do Quico

Caminhadas da Gi

Caminhadas de Sonhos


No Shutterfly podemos observar algumas das caminhadas fotográficas do Ventor. Se pedirem a coruja abre-vos as janelas.

Venham com o Pilantras, às músicas do Ventor

na sua Rádio Ventor

17
Out09

Comemoração

Luiz Franqueira - Ventor

 

Hoje dei uma caminhada por Belém.

 

 

De Belém, temos sempre algo para observar - o Bugio, por exemplo

 

Faz parte de uma rotina de sapa nas minhas caminhadas. Conversar com o rio Tejo, com a Torre de Belém, com o mosteiro dos Jerónimos, com o Pavilhão que enfeita tudo aquilo que foi a nossa grandeza como país, como nação, como povo. Caminhar e conversar sempre!

 

  

 

De repente, fui apanhado de surpresa por estes dois aviões em passagem baixa, sobre o restaurante mexicano

 

Faz também parte da rotina das minhas caminhadas a visita que faço ao muro das nossas lamentações no Forte do Bom (mau!) Sucesso. Hoje foi mais uma dessas visitas. Estava, por ali, tudo muito animado e caminhei conversando com os meus amigos de sempre que nos deixaram e com outros bem presentes.

 

 

Fui-me aproximando da animação

 

 

Reparei naquela velha cruz que me é tão familiar e em cujas "asas" dei grandes e belas 

caminhadas também

 

Comecei a fazer perguntas e obter respostas.

Fiquei, então, a saber, o que a nossa velha cruz escondia e, por isso,  hoje era dia de festa pois ia ser inaugurado, junto aos muros do Forte do Bom Sucesso, um pequeno monumento para homenagear, os primeiros 100 anos da aviação, em Portugal. Segundo me informaram, foi em 1909 que, para desenvolvimento da aeronáutica portuguesa, foi fundado um Clube e que foi, também, em 17 de Outubro de 1909 que levantou voo, em Belém, Lisboa, o primeiro "avião" - o Voisin - que era francês e era pilotado, também, pelo francês, Armand Zipfel.

Estariam ali, cerca de 5.000 pessoas, para assistir ao primeiro voo aeronáutico, em Portugal que alcançou cerca de 200 mts a que, então, chamaram "o pulo de Zipfel"!

 

 

A festa era da aviação, mas os meus amigos de sempre eram guardados pela marinha

 

 

Mas, no Tejo, há sempre festa!

 

 

Nas suas águas há semprre os enfeites dos desportos náuticos

 

 

E isso torna sempre as suas águas mais bonitas

 

Parti para o almoço com vontade de voltar. Queria ver destapar o monumento e sentir bem viva a mensagem que nos transmitia, queria ver os aviões regressar, em voo baixo, para cumprimentar os presentes e saudar o passado. Mas não deu. A minha dôr de cabeça não me facilitou a repetição da caminhada e fui dormir toda a tarde.

Depois, mesmo sem vontade de espreitar por esta janela, acabei por dar luta ao mau estar e, quase de olhos fechados, acabei por vos mostrar, uma pequena caminhada incompleta.

Sagres, a beleza dos mares que enfeita o rio Tejo para alegrar o Ventor, nas suas caminhadas

3 comentários

Comentar post

O Quico e o Ventor


luis.jpg

Luiz Franqueira e o Quico


O Ventor nos tempos das grandes caminhadas gélidas, a luta contra o frio, era a maior das prioridades



VergineTricherusa.jpg


A Virgem Maria caminha entre nós


800px-Notre_Damme_internal_windown_rose.jpg

Um vitral na Catedral de Notre Dame



Tombstone_Holy_Sepulchre_reliquary_Louvre_MR348.jp


A Sepultura Sagrada



1280px-Jerycho2.jpg


Um Monumento em Jericó


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.